23.1.09

Pequenas Máximas

Decidi escrever alguns momentos de reflexão...o de hoje é..

"Tenho tomado consciência que sou errado perante os outros, mas pensar diferente é um erro?"

2 comentários:

Mar disse...

Pensamento tão profundo construído tão simplesmente! Adorei!
É de encucar qualquer um.
Bem... sou erro para os outros... pensar diferente é um erro?
Não, pensar diferente não é um erro, é só... diferente! Quanto a sou um erro para os outros... nossa! que carma! que peso!
Ser é uma escolha: ninguém é o que não quer ser... tirando problemas físicos.
Bjs

Rômulo disse...

Minha cara Marcela. Mais uma vez, agradeço o seu comentário. Você sempre me surpreende, como o último bolo que levei...rs Enfim, pelo menos você não zomba das diferenças e sabe reconhecer a personalidade de cada um. Também penso demais em tudo que você me fala, ou falou. Não me arrependo de nenhuma escolha em minha vida, mas procuro "pesar" muito as minhas decisões. Afinal, o tal do livre arbítrio tem importante influência em nosso destino. Escolher ser o "errado" é relativizar o certo e encarar toda a gama de preconceitos e falsas moralidades dessa sociedade. E digo isso em um sentido amplo. De minha parte, defendo o que acredito ser os meus valores que muitas vezes não coincidem com o que a maioria pensa. Até aí tudo bem...Mas geralmente a maioria excluí quem tem personalidade ou atitude para ser o que almeja ser. E olha que não pensei em nada disso comecei a escrever..kkk Essa reflexão veio depois de uma observação simples do nosso cotidiano e acho que isso é viver. Existe também uma dessas frases de internet em que o espírito parece ser o mesmo dessa primeira máxima: "Devemos ser a mudança que queremos ser."

bjo